3 Dicas para Investir com Robôs

Publicado por trademachine em janeiro 27, 2020

No artigo de hoje você vai descobrir 3 dicas para investir com robôs. Boa leitura!

O mercado de investimentos automatizados está crescendo cada vez mais. Muitos investidores, experientes ou não, estão sendo atraídos por essa modalidade de investimentos. 

Justamente porque existem muitas vantagens em investir dessa forma: ausência de emoção, mais agilidade, inteligência, maior processamento de dados

Pensando nisso, resolvemos compartilhar 3 dicas fundamentais para quem deseja embarcar na onda dos investimentos automatizados. 

Bora lá? 

1 – Não leve somente o lucro bruto em consideração 

Muitos iniciantes costumam levar em consideração somente o lucro bruto de uma estratégia. E qual o problema disso?

O problema é que o lucro bruto não mostra os custos de corretagem e de slippage*, por exemplo. Por isso, nossa sugestão para quem está começando é considerar o lucro líquido. 

Como fazer isso? 

Para calcular o lucro líquido é fácil.
É só fazer Lucro Bruto – Custos operacionais. 

Simples assim!

*Slippage = diferença entre o ponto de entrada ideal na execução da estratégia e o ponto em que a ordem foi realmente executada no mercado

Leia também:

Primeiros passos para investir com robôs
Como obter bons resultados com robôs? 
20 motivos para você começar a investir

2 – Dê a devida importância às Métricas de Risco 

É de extrema importância avaliar o drawdown

O drawdown é o período de perda máxima consecutiva de uma estratégia. Ou seja, trata-se da maior distância entre o topo e o fundo de uma curva de capital de um robô de investimentos. 

É um dos dados mais importantes na hora de decidir entre uma estratégia ou outra. Portanto, na hora de escolher uma estratégia, saiba avaliar o drawdown

3 – Confie na Matemática 

É claro que existem alguns backtests fajutos circulando no mercado, mas isso não é um motivo suficiente para você desconfiar dos históricos matemáticos de quem leva a profissão com seriedade. 

Para evitar os backtests enganosos, leve em consideração:

  • Somente os backtests que tenham mais de dois anos 
  • Que não utilizem “gain” e “stop loss” muito curtos
  • Que possuam um grande número de operações (no mínimo 100)

É isso aí, investidor! Essas foram as nossas dicas para você começar a investir de maneira automatizada com o pé direito e transformar o ano de 2020 em um ano acima da média. 

Obrigado pela leitura e até a próxima! 

Posts relacionados

Imagem post - Como os vieses cognitivos podem atrapalhar seus investimentos

No artigo de hoje, "Como os vieses cognitivos podem atrapalhar seus investimentos", vamos explicar e oferecer alguns exemplos dos vieses mais conhecidos no mundo dos inve Leia mais...

Imagem post - Giro Semanal – 19/10/20

Bem-vindos ao Giro Semanal - 19/10/20.

Vamos às últimas notícias da semana.

Leia mais...

Imagem post - TradeMachine: Uma casa de análises quantitativas

Você provavelmente já ouviu falar em casas de análise, também conhecidas como casas de research, empresas independentes que fornecem análises par Leia mais...