Banco Central poderá reduzir os juros

Publicado por trademachine em março 2, 2020

Alguns fatores como o crescimento econômico em passos lentos, a inflação sob controle e, ainda por cima, os impactos da disseminação do coronavírus, levam a crer que o Banco Central poderá reduzir ainda mais os juros no Brasil.

Essa visão é compartilhada por Márcio Appel, sócio e fundador da Adam Capital.

O acionista acredita que o Banco Central poderá reduzir ainda mais os juros no Brasil. 

Segundo Appel, não existem motivos para que o Banco Central deixe de cortar os juros. Para ele, todas as variáveis indicam isso.

Em suas palavras, “um ritmo de redução de 0,25 em 0,25 percentual parece adequado”. Contudo, Appel não cravou um número para a taxa básica de juros (Selic).

Leia também:

Opinião dos analistas

Neste momento, a maioria dos analistas do mercado financeiro vê a Selic sendo mantida em 4,25% ao longo de 2020, segundo um relatório do BC divulgado hoje.

Para Appel, a disseminação do coronavírus reforça a tendência deflacionária no Brasil. “O impacto ainda não aparece nos dados sobre a economia brasileira, mas já é visível nos números da China.”

Com juros mais baixos, o real deve continuar desvalorizando, acredita o gestor. Ele já vinha prevendo a depreciação da moeda há alguns meses.

Fonte: InfoMoney 

O vírus deve prejudicar o crescimento da economia global e, na opinião de Appel, isso será combatido com uma política monetária expansionista, uma vez que a inflação baixa abre espaço para novas quedas de juros em diferentes países.

Segundo Appel, essa é uma reação mundial.

Categorias: Mercado

Posts relacionados

Imagem post - Giro Semanal – 19/10/20

Bem-vindos ao Giro Semanal - 19/10/20.

Vamos às últimas notícias da semana.

Leia mais...

Imagem post - TradeMachine: Uma casa de análises quantitativas

Você provavelmente já ouviu falar em casas de análise, também conhecidas como casas de research, empresas independentes que fornecem análises par Leia mais...

Imagem post - Giro Semanal – 13/10 – Ibovespa com forte valorização

Bem vindos ao nosso Giro Semanal - 13/10. Chegou a hora de ficar informado.

Depois de cinco semanas consecutivas de queda, o Leia mais...