Brasil: 43° lugar em ranking global de previdência

Publicado por Israel Alves em julho 1, 2020

Brasil: 43° lugar em ranking global de previdência: confira um relatório que revelou dados preocupantes sobre a aposentadoria no país.

Segundo o Relatório Global do Sistema Previdenciário 2020, da seguradora Allianz, que avaliou a estrutura previdenciária de 70 países, cerca de 90% das pessoas com mais de 25 anos não poupam dinheiro pensando na aposentadoria.

Em locais como Nova Zelândia e Estados Unidos, esse percentual é de cerca de 30% e 40%, respectivamente.

Mesmo países emergentes, como a Índia e Rússia têm percentuais melhores que o brasileiro, algo em torno de 80%. 

Mas também existem países em situações ainda piores, como Argentina e Egito, onde cerca de 95% da população nessa faixa etária não guarda para o futuro.

Segundo os padrões da Organização Internacional do Trabalho (OIT), o benefício da aposentadoria precisa variar entre 40% e 60% da média salarial do país, considerando que a previdência social é, na maioria das vezes, a única fonte de renda das pessoas nessa fase da vida.

A importância do planejamento financeiro 

Roberto Teixeira, sócio responsável pela XP Seguros, braço de seguros do grupo XP Inc., diz que antes da Reforma da Previdência, os brasileiros contavam muito com aposentadoria pública.

Isso acontecia porque a maioria recebia um benefício próximo do que ganhava na fase ativa. 

“Isso não alimentava a ideia de poupar paro futuro. Agora as coisas vão começar a mudar porque, se não houver um planejamento financeiro de longo prazo, as pessoas vão se aposentar com muito menos dinheiro do que tinham antes”, avalia.

Roberto ressalta ainda que a baixa renda do brasileiro fortalece este cenário.

“Se a pessoa ganhava cerca de R$ 4 mil por mês na fase ativa, conseguia algo perto disso na fase aposentada. Só que com a reforma isso ficou distante. 

Com o aumento da idade mínima e a redução do teto previdenciário ficou muito mais difícil manter o padrão.

E isso vai se tornar um impulso natural para que a população comece a recorrer à previdência complementar, a planejar e investir pensando no futuro”, diz.

Fonte: InfoMoney 

É cada vez mais importante começar a pensar no futuro. E investir é uma forma inteligente de pensar nele.

O primeiro passo a ser dado para começar a guardar dinheiro e começar a investir é se organizar financeiramente para ter uma visão realista das suas contas, segundo Angela Nunes. 

Quanto mais cedo a pessoa começa o processo, melhor. O tempo é uma variável importante, tanto pela capacidade de juntar uma maior reserva, quanto pelo efeito dos juros compostos, que já foi mais significativo.

Leia também:

Categorias: Mercado

Posts relacionados

Imagem post - Como os vieses cognitivos podem atrapalhar seus investimentos

No artigo de hoje, "Como os vieses cognitivos podem atrapalhar seus investimentos", vamos explicar e oferecer alguns exemplos dos vieses mais conhecidos no mundo dos inve Leia mais...

Imagem post - Giro Semanal – 19/10/20

Bem-vindos ao Giro Semanal - 19/10/20.

Vamos às últimas notícias da semana.

Leia mais...

Imagem post - TradeMachine: Uma casa de análises quantitativas

Você provavelmente já ouviu falar em casas de análise, também conhecidas como casas de research, empresas independentes que fornecem análises par Leia mais...